Reciclagem: um ato de Amor à Natureza!
Simples galeria de imagens

  Seja bem-vindo à      

Ipiranga Reciclagem.
 
 
 
 
  Início
    Empresa
    Serviços
    Reciclagem
    Vídeos
    Fale Conosco
 
 
 

      O mito dos lacres de latinha

      Entenda porque coletar anéis de latas de alumínio pode ser um péssimo negócio:

      O boato sobre os anéis das latinhas vem muito antes da "moda" da reciclagem: junte-as e troque por uma cadeira de rodas. O boato virou lenda e continuou crescendo e se espalhando - seções de hemodiálise, computadores... Por fim temos pessoas com uma boa quantidade do material, mas que, surpreendentemente, não conseguem trocar e nem ao menos vender os anéis.

      Ninguém sabe a origem da lenda do lacre de latinhas, mas podemos descrever abaixo porque ninguém, efetivamente, as quer.

      As ligas de alumínio são constituídas por pequenas porcentagens de cobre, silício, magnésio e zinco. A diferente composição dos elementos e o fato de poderem ser tratados termicamente, conferem-lhe uma gama variada de aplicações.

      O corpo da lata precisa ser fino para manter seu custo reduzido. A tampa precisa ser mais forte e resistente.

      Já o lacre... pode ter uma composição bem pobre de alumínio. Essa característica reduz o rendimento da reciclagem dos lacres nos fornos que derretem o material. Por este motivo, as recicladoras de alumínio aceitam o lacre junto da latinha, mas não separado.

      É necessário uma média de 70 latinhas para chegar a um quilo de material e mais de 3.300 lacres para obter o mesmo peso. Mesmo que você já tenha quilos de anéis da latinha, sua liga, pobre em alumínio, reduz muito o valor ao do lacre junto da lata, o suficiente para ser recusado.

      O processo de transporte e peneiragem do material para a reciclagem também teria que ser revisto, prevendo os anéis soltos. É por isso que o sistema de lacre prende o anel a tampa da lata.

      Bem, se você está convencido que tem um "mal negócio" estocado, vamos imaginar logo o que fazer com ele, ou você está pensando em mandá-lo para o aterro!!

      Uma boa dica é tentar vender os lacres para quem trabalha com artesanato, profissional que tem inúmeras idéias de como usar o material. Ou quem sabe despertar a "criatura" criativa que habita dentro de você.

Fonte: http://www.setorreciclagem.com.br
 

 
 
  2013 Todos direitos reservados. msbrasil.com