Reciclagem: um ato de Amor à Natureza!
Simples galeria de imagens

  Seja bem-vindo à      

Ipiranga Reciclagem.
 
 
 
 
  Início
    Empresa
    Serviços
    Reciclagem
    Vídeos
    Fale Conosco
 
 
 

       Lavoisier e sua relação com a reciclagem

       Enunciado da Lei de Conservação das Massas (Lavoisier): "Numa reação química a massa se conserva porque não ocorre criação nem destruição de átomos. Os átomos são conservados, eles apenas se rearranjam. Os agregados atômicos dos reagentes são desfeitos e novos agregados atômicos são formados".

      De uma forma mais simples, Lavoisier explana: “Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”, remetendo-nos não só a química por si, mas trazendo-a ao nosso dia-a-dia e à necessidade de nos preocuparmos com aquilo que chamamos de lixo, mas que na verdade, não se perde ao jogarmos fora, pelo contrário, é transformado.

      E para que essa transformação seja em nosso benefício, nosso papel é não jogar a responsabilidade na natureza, que já não está mais suportando o peso, mas sermos literalmente agentes transformadores dos resíduos.

     Veja no quadro a seguir, alguns exemplos de materiais recicláveis e o quanto o Brasil aproveita, exemplificando que ainda temos muito a despertar para a  consciência ambiental:

Comparativo da Reciclagem

Material

O Brasil recicla

Curiosidades

 Vidro

 5% das embalagens

 O Japão recicla 55,5%.
 Papel/papelão

 36%

 O Brasil importa apenas para reciclar.
 Plástico/filme (sacolas de supermercados)

 15%

 Representa 3% do lixo urbano nas capitais.
PET (embalagens de refrigerantes)

 15%

O PET reciclado se transforma em fibras.
 Óleo

 18%

 Apenas 1% do óleo consumido no mundo é reciclado.
 Latas de aço

 35%

O Brasil importa latas usadas para a reciclagem.
 Pneu

 10%


 O Brasil exporta pneu para a reciclagem.
 Embalagens longa-vida

 Não há dados


 A incineração é considerada excelente combustível.

Fonte: Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre).

     Ainda não nos conscientizamos do valor do lixo que produzimos, da riqueza que ainda pode ser extraída dele, afinal, “na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma!!!

 

 
 
  2013 Todos direitos reservados. msbrasil.com